Tive uma conversa breve com alguns colegas de escola sobre esse assunto e gostaria de expressar minha opinião no blog.

 

Eu sempre escuto a mesma resposta, que religião não se discute cada um tem a sua e pronto.

 

Pergunto-me se uma coisa tão importante para a sociedade e para a convivência dos cidadãos é mesmo um assunto que não devemos discutir.

 

No meu caso que sou Agnóstico, que adora a historia das religiões mais que não as vê como uma verdade absoluta só como uma ferramenta de esperança ou de apoio do ser humano vejo que as pessoas não entendem a real importância da religião e como praticá-la deforma correta e beneficente a sua vida.

 

E esse tipo de atitude e entendível analisando a natureza humana, o animal sempre prevalece sobe o intelectual, porque vivemos o corpo usando um sistema social de posse onde em qualquer situação tentamos impor a nossa vontade ou nossa crença ao outro, como em varias sociedades no mundo animal onde sempre o mais esperto ou que se demonstra mais forte e o que se destaca.

 

As pessoas não percebem que a religião de hoje é o mecanismo mais eficiente de exclusão e miscigenação social, onde o foco é o lucro financeiro da instituição, ai se perde a essência de uma coisa que foi criada para provocar a busca pelo conhecimento e pela perfeição como alma logo como intelecto.

 

Com isso percebemos que a religião nos afeta fortemente na sociedade.

 

Exemplo

*Os escravos existem muito por causa do pensamento religioso daquela época que ensinava que se um povo não e Católico ou Cristão e não se converte é desalmado assim excluindo todas as culturas dos mesmos e os rotulando de excomungados por deus.

 

O preconceito hoje só existe por causa da religião.

 

Se um pensamento desses perpetua a tanto tempo na alma da sociedade mundial devemos levar em consideração a influencia da religião na sociedade e para de pensar que não devemos discuti-la, pois conversando e debatendo assunto como esse é que melhoramos como pessoal e como espírito.

 

Evandro Chierati

Anúncios